Mas tudo passa, tudo passará. E nada fica, nada ficaráááááá

03jan08

Hoje eu acordei…
Mais que merda. já comecei mentindo; Outra chance.

Essa noite eu nem dormi, e hoje cedo no café Nelson Ned surgiu de dentro de uma caixa de cereais. O viadinho parecia um gaucho e ainda tinha sucrilhos no cabelo.

– Me dá um abraço, porra. Eu sou o seu brinde!

Dei um abraço nele e o anãozinho começou a andar pela minha casa. “Que bosta de lugar em que você vive, hein? Tem tevê a cabo? Ainda bem que gosta de futebol, você cheira a fracasso e obesidade”. Eu pedi para o sujeito ir embora, mas parece que ele era obrigado a ficar lá. Estava atrelado a uma cláusula de contrato com a Kellog’s, ele me explicou. Precisava me fazer companhia e falar, de vez em quando, sobre as qualidades nutritivas do cereal. “Cadê os vídeos pornos seu porra?” Liguei pra um amigo que eu conhecia. Ele tinha jeito com anões, sabia como dobrá-los. O cara chegou em dez minutos. Carregava um revólver na mão. Assim que viu Nelson Ned, descarregou a pistola em cima dele.
Pá-pá-pá! Seis tiros. Eu estava aterrorizado…

– Fique calmo. Anões são fogo, mesmo. Esse é o único jeito de lidar com eles. Venha, me ajude com o corpo.

Recheamos o corpo de Nelson Ned com açúcar e geléia, colocamos ele dentro de um envelope pardo e o endereçamos para a Etiópia, a fim de alimentar as bocas famintas do Continente Perdido. Postada a carta, me olhei no espelho e pensei comigo mesmo:

“Cara, você é um sujeito e tanto!”



No Responses Yet to “Mas tudo passa, tudo passará. E nada fica, nada ficaráááááá”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: