o começo do meu fim

07fev08

O meu mundo acabou numa quarta-feira, às 8 e 20 da noite. A caneta tinha tinta mas faltou o bloco, ela me disse para ser feliz e eu quase ia sendo. O mundo acabou numa quarta, não chovia em Americana. Na mão esquerda a unha suja de nanquim e os calos de sempre, e eu precisava cortar o cabelo e tirar essa maldita barba. Não consegui imaginar o olhar da mocinha naquele momento, nem o samba dissonando da conversa dos encasacados na fila do cinema. O meu mundo acabou numa quarta…
Apesar da bebida que eu recusei alguns dias depois, apesar das lágrimas da namorada traída na mesa do bar, da sopa com gengibre em pleno janeiro, da vendedora que mandou dar novalgina ao neto que tinha febre. Apesar dos CDs ainda lacrados que vejo todo dia na minha frente, o meu mundo acabou, 2 minutos antes de eu abrir a porta, e me atirar pela rua…silêncio, silêncio.



No Responses Yet to “o começo do meu fim”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: